WEB RÁDIO VERDADE GOSPEL

ISLAIDE TESTE

ISLAIDE TESTE
webradioverdadegospel@gmail.com

DISPONÍVEL NA PLAY STORY

DISPONÍVEL NA PLAY STORY
DISPONIVÉL NA PLAY STORY

JOÃO 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUPLICIDADE

IBADEP TEOLOGIA

IBADEP TEOLOGIA
IBADEP TEOLOGIA

domingo, 18 de julho de 2021

Pela primeira vez, judeus e cristãos se unem em Israel para ler as profecias de Isaías Cristãos e judeus fizeram juntos a leitura da Bíblia em uma maratona realizada em Israel, pela primeira vez, na quarta-feira (14).

 

                                                     Imagem de uma mulher lendo a Bíblia. (Foto: Chen Leopold/Flash90)

Israelenses participaram pela primeira vez, na quarta-feira (14), de uma maratona anual de leitura da Bíblia, uma iniciativa de cristãos que começou nos Estados Unidos em 2018.

Cada participante leu um capítulo do livro de Isaías, que profetizou a destruição da Babilônia e o retorno do povo judeu a Israel

A maratona começou às 7h14 do horário local — correspondendo ao texto de Isaías 7:14, que diz: “Por isso o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel.”

A Fundação Genesis 123, que trabalha para construir pontes entre cristãos e judeus, foi quem providenciou a participação de Israel na maratona de leitura bíblica. No entanto, para o líder da fundação, Jonathan Feldstein, a importância da participação de Israel “não pode ser exagerada”.

“Ler a Bíblia é especialmente adequado ao país sobre o qual foi escrita. Ler Isaías em Israel, como judeus e cristãos juntos, é ainda mais importante, pois ele profetizou sobre o povo judeu em sua terra, que é mencionado em 2 Crônicas 7:14, o catalisador e a fonte para essa iniciativa”, disse Feldstein. “É como se estivéssemos acendendo a tocha olímpica no local onde o fogo foi criado.”

Em Israel, o livro de Isaías foi lido em hebraico, inglês, árabe, russo, amárico, francês, espanhol e português, entre outras línguas.

A Maratona Bíblica Nacional foi fundada no estado americano de Iowa por Dianne Bentley em 2018. Os 99 condados de Iowa tomaram parte na iniciativa, dividindo os mais de 1.000 capítulos da Bíblia em 14 de julho às 7h14, separando cerca de 12 capítulos por condado.

“Começamos a ler no noroeste de Iowa com Gênesis e terminamos no sudeste de Iowa com o Apocalipse”, disse Bentley. “Em 1 hora e meia a 2 horas, a palavra de Deus foi proclamada em todo o estado de Iowa nos 99 gramados dos tribunais do condado de Iowa.”

Como Feldstein explicou, a base para a iniciativa é 2 Crônicas 7:14: “Se o meu povo, que é chamado pelo meu nome, se humilhar e orar e buscar a Minha face e se desviar de seus caminhos iníquos, então ouvirei do céu , e perdoará seus pecados e curará sua terra. ”

A terra referida no versículo da Bíblia é a Terra de Israel.

Em 2019, Bentley decidiu expandir a iniciativa de Iowa para 14 outras nações. Em 2020, cerca de 57 nações participaram da maratona. Este ano, 72 nações, incluindo Israel, estão participando.

Bentley disse que a iniciativa é compartilhada principalmente de boca a boca: “É um esforço da base”.

Judeus e cristãos juntos

Para Feldstein, ver cristãos e judeus lendo as Escrituras juntos tem um significado de peso. “Embora haja uma tendência histórica crescente e sem precedentes de judeus e cristãos se conectando e se associando no apoio a Israel, combate ao antissemitismo e outras questões sociais de interesse comum, não é todo dia que judeus e cristãos se unem em oração, ou algo como tão básico quanto ler a Bíblia juntos”.

Ele acrescentou que a participação é ainda mais importante em 2021, diante de pesquisas recentes que têm apontado uma tendência crescente entre jovens judeus e cristãos que têm se afastado da religião e do apoio ao Estado de Israel.

“O fato de judeus e cristãos estarem se unindo nesta comunhão bíblica é o estabelecimento de um precedente, estabelecendo um modelo para os jovens se reconectarem”, disse Feldstein. “A restauração desses valores, mesmo por meio de algo tão terreno como ler a Bíblia, pode ser uma resposta redentora a muitas orações.”

FONTE: RVG, COM INFORMAÇÕES DO JERUSALEM POST

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOSSOS OUVINTES,ONLINE, PELO MUNDO

Flag Counter

Atriz de ‘Patricinhas de Beverly Hills’ superou vício através da fé: “Agradeço ao Senhor” Criada por pais viciados em drogas, Stacey Dash revelou que foi abusada na infância, tentou suicídio e se tornou viciada na vida adulta.

                      Stacey Dash é conhecida por atuar em As Patricinhas de Beverly Hills. (Foto: Michael Tran/Getty Images) Muitos conhece...