WEB RÁDIO VERDADE GOSPEL

ISLAIDE TESTE

ISLAIDE TESTE
webradioverdadegospel@gmail.com

DISPONÍVEL NA PLAY STORY

DISPONÍVEL NA PLAY STORY
DISPONIVÉL NA PLAY STORY

JOÃO 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUPLICIDADE

IBADEP TEOLOGIA

IBADEP TEOLOGIA
IBADEP TEOLOGIA

sábado, 3 de julho de 2021

Jovem se casa com cristão perseguido e após 35 horas ele é fuzilado: ‘Jesus nos conforta’ Durante um trabalho ministerial em prisão na Indonésia, Feby conheceu seu marido Andrew, um cristão perseguido no corredor da morte.

 

                                Feby encontrou consolo através da história de Maria, mãe de Jesus. (Foto: Eternity News)

Feby cresceu num lar cristão na Indonésia, seus pais eram pastores de uma igreja doméstica no país asiático. Desde cedo, a jovem desejava servir integralmente no ministério.

Mais tarde, já adulta, Feby conseguiu um emprego de intercessora numa igreja em Yogyakarta. “Éramos quatro, todos empregados para orar, 24 horas por dia, na torre de oração. Oramos pela cidade, pela nossa igreja e anotamos tudo. Vimos tantas respostas a orações e milagres naqueles anos!”, explicou a cristã.

No início de 2012, Feby recebeu um convite para trabalhar no ministério na prisão de Kerobokan. Lá, a jovem conheceu Andrew Chan, um cristão perseguido que estava no corredor da morte, e foi muito edificada com sua fé corajosa em uma situação extrema.

“Ele era tão amigável. Eu sei que muitas pessoas carregam fardos na vida, mas Andrew não carregava fardos. Era divertido estar com ele. Começamos a enviar e-mails e compartilhar pontos de oração todos os dias. Sempre fui encorajada por sua fé e pelo que Deus estava fazendo na prisão”, contou Feby.

Andrew estava pregando o Evangelho na prisão e muitos presos estavam recebendo Jesus. Feby continuou visitando ele e depois de dois anos, a amizade se tornou amor.

“Eu sabia que ele estava no corredor da morte, mas nunca pensei que ele fosse morrer. Estávamos sempre orando por um milagre. Tínhamos visto tantos milagres! No início de 2015, muitas pessoas estavam orando por ele, talvez um milhão de pessoas”, contou Feby.

No dia 27 de abril daquele ano, Andrew e Feby se casaram e 35 horas depois, o marido da jovem for executado por um pelotão de fuzilamento. Feby ficou devastada e questionou Deus, enfraquecendo na fé.

“Eu me senti tão zangada e confusa. Parei de orar e adorar a Deus. Eu estava desesperada. Por que Deus não respondeu às nossas orações? Por muito tempo, não consegui ler a Bíblia ou louvar a Deus. Não pude assistir ao noticiário. Continuei tendo sonhos da execução”, disse.

Encontrando cura na Palavra

A jovem viúva permaneceu assim durante anos. Seus amigos tentaram a consolar e ela recebeu aconselhamento, mas não era o suficiente. Feby sabia que precisava voltar a ler a Palavra e adorar a Deus.

Comecei a ler os Salmos e as histórias da Bíblia que eu sabia que me consolariam. Li sobre Maria, a mãe de Jesus. Era tão difícil para ela ser encontrada grávida naquela sociedade. E ainda assim eles chamaram de 'favor'. Quando o anjo veio falar com Maria, disse-lhe: ' Não tenha medo, Maria, você achou graça diante de Deus”, afirmou Feby.

Meditando na história de Maria, a cristã compreendeu que Deus não confia apenas coisas boas a seus filhos, mas também coisas difíceis. “Foi muito difícil para Maria. Mesmo depois que Jesus nasceu, eles tiveram que viajar de um lugar para outro, para evitar serem mortos. E então ela viu seu filho executado em uma cruz na frente de seus olhos. E eles chamaram de 'favor'”, refletiu.

E, aos poucos, Feby começou a orar, louvar e a confiar em Jesus novamente.

“A vontade de Deus não é igual à minha. Às vezes, ele nos diz: Não tenha medo de passar pelos momentos mais difíceis, se você tiver Jesus com você. Ele vai te confortar. Ele estará com você, sempre. Isso tem sido verdade para mim”, testemunhou a cristã.

FONTE: rvg, COM INFORMAÇÕES DE ETERNITY NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOSSOS OUVINTES,ONLINE, PELO MUNDO

Flag Counter

China usa crianças para espionar e ameaçar suas famílias cristãs O Partido Comunista Chinês está usando os filhos menores de famílias cristãs para espionar os pais e ameaçando prejudicar a educação universitária dos filhos mais velhos.

                                O novo método de perseguição da China foca nos filhos de famílias cristãs. (Foto: The New York Times). A últ...