WEB RÁDIO VERDADE GOSPEL

ISLAIDE TESTE

ISLAIDE TESTE
webradioverdadegospel@gmail.com

DISPONÍVEL NA PLAY STORY

DISPONÍVEL NA PLAY STORY
DISPONIVÉL NA PLAY STORY

JOÃO 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUPLICIDADE

IBADEP TEOLOGIA

IBADEP TEOLOGIA
IBADEP TEOLOGIA

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Diagnosticada com câncer, judia lembra da visão de Jesus: “Ele disse: venha a mim” Shiri Joshua nasceu em Israel em uma família ortodoxa, mas nunca se sentiu satisfeita, até que encontrou Yeshua.

 

                                       A judia Shiri Joshua foi curada do câncer e recebeu Jesus. (Foto: Reprodução/Youtube).

Em 2014, Shiri Joshua enfrentou a situação mais difícil de sua vida: foi diagnosticada com um violento câncer de mama, já no estágio três. Ela contou seu testemunho em vídeo ao 100 Huntley Street.

Judia nascida em Israel em uma família de judeus ortodoxos, ela se mudou aos 19 anos para Toronto com seus pais, mas sua família continuava falando hebraico em casa. O Judaísmo Ortodoxo ainda não satisfazia a sede espiritual de Shiri e ela tinha muita curiosidade sobre a espiritualidade.

“Eu realmente não sentia que minha educação tradicional judaica iria satisfazer o que eu queria. Eu sabia que Deus existia, mas não o conhecia”, disse Shiri Joshua.

Por causa de sua criação familiar, ela pensava que podia ser ortodoxa ou uma judia secular. No Canadá conheceu o movimento da Nova Era. Mas ainda não se sentia completa.

Dois anos antes de receber o diagnóstico de câncer, Shiri teve uma visão de Jesus em seu quarto. Ela já tinha ouvido falar de Cristo, mas achava que não precisava evitá-lo, por causa de sua origem judaica. Mas, eu sua busca pela espiritualidade, um dia ela perguntou a Deus se Jesus era real.

 “Eu não estava dormindo e o vi. Tive uma visão de olhos abertos do Jesus judeu. Ele me parecia muito judeu. Deus, em sua maneira brilhante de fazer as coisas, apareceu para mim de uma forma que eu não consideraria ameaçadora. Ele apareceu para mim com um talit, um xale de oração. E ele disse: 'Venha a mim'. Seus olhos eram apenas amor. Deve ter sido uma fração de segundo, mas parecia uma eternidade”, contou Shiri.

Então, quando ela recebeu o diagnóstico de câncer na clínica em British Columbia, lembrou-se desta visão. Após o médico sair da sala de atendimento, ela caiu de joelhos e orou a Jesus: “Senhor, estou cansada de lutar contigo. Se eu morrer, morro, mas quero ir até Você. Mas se você me deixar viver, eu viverei para você”, clamou Shiri.

Shiri foi submetida à mastectomia e começou o tratamento de quimioterapia. Um amigo levou um pastor para visitá-la e ela recebeu Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. “Uma onda de paz veio sobre mim. Eu queria Jesus tanto, mas tinha muito medo porque era judia”, relatou Shiri.

Ela começou a frequentar uma congregação messiânica e, por um tempo, foi uma cristã em segredo em casa. “Eu não queria ofender meus pais com minha nova fé, mas tudo que eu tinha era Yeshua”, explicou. Por fim, os pais de Shiri descobriram e aceitaram sua decisão de receber Jesus.

Shiri passou por tratamento durante seis meses e hoje, sete anos depois, está livre da doença. “Estou curada”, celebrou ela.

Para aqueles que estão lutando contra o câncer, Shiri aconselha a se agarrar a uma passagem da Bíblia, como ela fez. Shiri ficou firme no Salmo 118.17: “Não morrerei, mas viverei e declararei as obras do Senhor”.

FONTE: rvg, COM INFORMAÇÕES DE GOD REPORTS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOSSOS OUVINTES,ONLINE, PELO MUNDO

Flag Counter

“Jesus me ajudou a chegar onde estou”, diz jogador de rugby da Austrália nas Olimpíadas Dietrich Roache, jogador do Rugby de Sete da seleção masculina da Austrália nas Olimpíadas, vê Jesus como o número 1.

                                         Dietrich Roache começou a jogar rugby profissionalmente há 3 anos. (Foto: Reprodução) Deus, família...