WEB RÁDIO VERDADE GOSPEL

RADIO WEB VERDADE GOSPEL

RADIO WEB VERDADE GOSPEL
24 HORAS NO AR

ISLAIDE TESTE

ISLAIDE TESTE
webradioverdadegospel@gmail.com

DISPONÍVEL NA PLAY STORY

DISPONÍVEL NA PLAY STORY
DISPONIVÉL NA PLAY STORY

JOÃO 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUPLICIDADE

IBADEP TEOLOGIA

IBADEP TEOLOGIA
IBADEP TEOLOGIA

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Mesmo após a morte, testemunho de cristão dá fruto no Vietnã Governo comunista persegue todos que passam a seguir a Jesus no país

 


Cristãos compareceram ao funeral de Gia-co, da esposa e do filho no Vietnã

Hoje, faz 75 anos que o líder comunista Ho Chi Minh declarou a independência do Vietnã. Os valores do sistema político são fortes no país e contribuem para que esteja na 21ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2020. O cristão Gia-co*, a esposa e os filhos enfrentaram a hostilidade da comunidade e das autoridades locais por serem fiéis a Jesus.

Em abril de 2020, ele perdeu duas toneladas de mandioca por ser proibido de usar a estrada local até a cidade mais próxima. Porém, a Portas Abertas socorreu o irmão e a família dele, por meio de uma igreja local, e aguardava uma posição do governo sobre a ação da autoridade local. Mas, em 2 de maio, Gia-co, a esposa e o filho de 12 anos morreram pela ingestão de cogumelos venenosos. Apenas duas meninas, uma de 5 e outra de 8 anos, restaram da família cristã.

Porém, o testemunho dos irmãos permaneceu vivo. A fé de Gia-co durante a vida e o amor que a família recebeu no funeral deles impactaram alguns vizinhos, que também decidiram seguir a Jesus. Mas quando o chefe da aldeia e a polícia souberam da conversão deles, visitaram a família e pediram que voltassem à antiga fé. O pastor de Gia-co, Kiet*, passou a acompanhar os novos cristãos e argumentou com as autoridades que a lei vietnamita dá o direito aos cidadãos de escolherem a religião que quiserem. Então, o chefe da comunidade prometeu não perseguir mais aos cristãos.

Entretanto, em julho, a autoridade máxima do vilarejo foi até a casa dos cristãos para exigir que eles abandonassem a fé em Jesus. Caso a exigência não fosse atendida, a casa onde eles residiam seria tirada deles, pois pertencia ao governo. O marido ficou bastante preocupado com a ameaça, mas a esposa incentivou a todos a se manterem firmes em Cristo.

Socorro para as órfãs

As filhas de Gia-co estão sob o cuidado de um tio e uma tia e moram separadamente. A Portas Abertas está apoiando as crianças com alimentação, educação e conserto da casa onde viviam, para que seja devolvida para elas mais tarde. Interceda para que elas sejam cuidadas e confortadas por Deus.

*Nomes alterados por segurança.

Pedidos de oração

  • No Dia da Independência do Vietnã, interceda por todos os cristãos que enfrentam a perseguição religiosa no país.
  • Ore pela família que veio à fé por meio do testemunho de Gia-co, para que seja encorajada e fortalecida em Deus.
  • Clame para que as autoridades locais também sejam impactadas pelos testemunhos dos cristãos e passem a trabalhar para a propagação do evangelho.
  • FONTE PORTAS ABERTAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

"Se abortar é um direito da mulher, onde estava o meu direito?", diz sobrevivente de aborto Gianna Jessen elogiou o presidente dos EUA, Donald Trump por sua decisão em favor dos sobreviventes de abortos malsucedidos.

  Gianna Jessen nasceu com paralisia cerebral após sua mãe biológica tentar abortá-la nos anos 70. (Foto: AP Photo/Pablo Martinez Monsivais)...