WEB RÁDIO VERDADE GOSPEL

ISLAIDE TESTE

ISLAIDE TESTE
webradioverdadegospel@gmail.com

DISPONÍVEL NA PLAY STORY

DISPONÍVEL NA PLAY STORY
DISPONIVÉL NA PLAY STORY

JOÃO 3:16

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUPLICIDADE

IBADEP TEOLOGIA

IBADEP TEOLOGIA
IBADEP TEOLOGIA

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Cristão é condenado à morte por blasfêmia no Paquistão Asif Pervaiz está preso desde 2013 acusado de enviar mensagem insultando o islã para um ex-supervisor

 

Assim como Asif Pervaiz, muitos cristãos são acusados falsamente de blasfêmia caso não aceitem                                             seguir o islamismo no Paquistão (foto representativa)

Em 8 de setembro, mais um cristão foi sentenciado à morte no Paquistão, acusado de blasfemar contra o islã. Asif Pervaiz, de 37 anos, foi preso em 2013 após ser denunciado pelo ex-supervisor de uma fábrica de meias, Muhammad Saeed Khokher. Em entrevista à Al Jazeera, o advogado de defesa, Saif-ul-Malook, contou que o réu teve o testemunho rejeitado e depois recebeu a condenação. "Ele negou as acusações e disse que o homem estava tentando fazer com que se convertesse ao islã", conta o mesmo advogado de defesa de Asia Bibi.

De acordo com Pervaiz, o supervisor o confrontou quando ele estava deixando o trabalho. Então, o cristão manteve a fé em Jesus, mas foi acusado de ter enviado mensagens blasfemando contra o profeta Maomé. Porém, o advogado de acusação, Ghulam Mustafa Chaudhry, argumentou que essa foi a primeira denúncia de proselitismo religioso de funcionários contra Khokher.

O Paquistão é o 5º país na Lista Mundial da Perseguição 2020 e uma das principais fontes de perseguição são extremistas muçulmanos. Por isso, as leis de blasfêmia têm feito muitas vítimas no território. O caso da cristã Asia Bibi é um dos exemplos que ganhou atenção internacional. Após uma longa batalha nos tribunais, ela foi absolvida e precisou fugir do país para viver em segurança.

Lei para punir cristãos

Atualmente, há cerca de 80 pessoas presas no Paquistão sob acusação de blasfemar contra o islã. Metade delas cumpre prisão perpétua ou foi sentenciada à pena de morte, garante a Comissão dos Estados Unidos sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF, da sigla em inglês). Porém, alguns acusados pelo crime nem chegam a cumprir pena, pois são mortos antes. Outra situação que ocorre é o assassinato de familiares, advogados e juízes que concederam sentenças favoráveis ao réu.

Pedidos de oração

  • Interceda para que Asif Pervaiz seja fortalecido por Deus e que a liberdade dele seja concedida em breve.
  • Ore pelos outros cristãos presos injustamente, para que o Senhor faça justiça por eles e revele a glória dele a todos ao redor.
  • Clame para que os familiares e amigos dos cristãos condenados por blasfêmia sejam encorajados e mantenham a esperança em Cristo.
  • FONTE PORTAS ABERTAS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOSSOS OUVINTES,ONLINE, PELO MUNDO

Flag Counter

Mais de 340 milhões de cristãos enfrentam perseguição no mundo Número total de mortos por causa da fé em Jesus aumentou 60% na LMP 2021

            Número de cristãos perseguidos aumentou 30% na Lista Mundial da Perseguição 2021 A pesquisa feita pelas Portas Abertas em mais d...